segunda-feira, 25 de abril de 2011

Sorriso

Correra como nunca antes em sua vida
Chorara como nunca antes em sua vida
Sentira medo como nunca antes em sua vida

"Vivera como nunca antes em sua vida"
Pena que fora nos últimos minutos...

Agora ele estava ali
Adentrando naquele quarto escuro e malcheiroso 
Emanava satisfação de todo seu corpo

E dela,
somente medos...
E arrependimentos.

Não posso, agora não.
O que fiz da vida?
Nem mesmo consegui dizer...

Pensamentos interrompidos.
Um olhar, um sorriso.
Um sorriso maquiavélico, branco e lindo.

Porém, medonho, diria ela.
Contudo lindo.
Sim, era como ver o por do sol do avesso.

"Você pode fazer disso um sonho
se quiser,
Querida"

A garganta foi cortada.
O sangue jorrou.

O coração parou...

16 comentários:

  1. Lindo, mas sombrio e meio agoniante!!!!

    ResponderExcluir
  2. The - Duvido, afinal, deve ser difícil alguém pensar e expor as ideias numa poesia exatamente como eu rs'

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu estou realmente impressionada com esse blog! Não canso de ler os contos e poemas. Adorei, de verdade!
    Ganhou uma fã!

    ResponderExcluir
  4. Sorrir é a coisa mais importante para minha autoestima, muito bom. bjos

    http://comentariocriticoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Muito interessante o seu blog; essência e conteúdo. Parabéns pelo excelente trabalho. Quando tiver um tempinho, conheça o meu blog:
    http://nelsonsouzza.blogspot.com

    Desejo-lhe sucesso e prosperidade.
    Até!

    ResponderExcluir
  6. ola muito bom seu blog, ameei,
    seguindo ja, segue o meu?
    http://dyely-oliveira.blogspot.com/
    bjo flor

    ResponderExcluir
  7. olá,

    Texto forte. Matar alguém cortando a garganta e sorrindo significa homicidio qualificado por meio cruel e dissimulação.

    abraços

    ResponderExcluir
  8. KKKK somos cruéis e dissimulados, a diferença é que o somos com tanta frequencia que isso já caiu na normalidade e só o fazemos quando nos convém (sempre)

    Eu sinceramente adoro dissimulados, cruéis e verdadeiros, são os melhores tipos de pessoas ....

    ResponderExcluir
  9. Sorria..

    Adoro ta comida para os peixes..rs..


    Abraço,
    PREGUIÇA ALHEIA

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde, querida amiga.
    Na vida real há tantos vampiros...
    Lindo poema!!

    Um grande abraço.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    ResponderExcluir
  11. MUITO BOM ESSE SEU POEMA. ME LEMBROU UMA FRASE: "QUERO TE FAZER SORRIR ATÉ VER O TEU SANGUE JORRAR". NÃO SEI DE QUEM É ESSA FRASE, MAS SE ENCAIXA BEM NESSE CONTEXTO.

    VENHA SEMPRE AO BLOG.

    http://thebigdogtales.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Obrigado pela visitinha, Fernanda! Você é sempre bem-vinda, amiga! Um excelente início de semana!

    ResponderExcluir
  13. Isso porque nunca se vive o suficiente.

    ResponderExcluir
  14. Oi Fernanda! Belo texto, profundo e forte!!!!!!!!!!!! A alma humana é algo que talvez não consiga se saber como realmente funciona...
    ótima semana pra ti, beijinhos e bye

    ResponderExcluir
  15. gostei do texto, triste porem poetico e profundo!

    parabens pelo blog..

    te vi na comu de escritores eu tbm escrevo..se
    puder faça-me uma visita

    seguindo..

    http://papiando-adoidado.blogspot.com

    ResponderExcluir

E por que não se expressar?